Pesquisa personalizada

Pesquisar google aqui

Carregando...

29 de janeiro de 2015

Super Copa - Temporada 2015 - PS3 (CAMPEONATO FIFA VIRTUAL) 10 MIL REAIS

--> cosmetico profissional para salão , temos tudo para seu salão de beleza ligue 03187490598 e add no wapssap ou 03133762803 , BH E REGIOES ligue e marque iremos ate voce . entragamos em todo BRASIL

Paulista vence o Campeonato Brasileiro de Futebol Digital

  Paulista vence o Campeonato Brasileiro de Futebol Digital 2014

Guilherme Fonseca, de 15 anos, bateu fortes oponentes e ficou com o troféu da nona edição do torneio

 2015 FAÇA SUA INSCRIÇAO AQUI

O Estado de São Paulo conquistou seu segundo título do Campeonato Brasileiro de Futebol Digital. Realizado nos dias 27 e 28 de setembro, em Taguatinga-DF,  a competição reuniu 64 jogadores de várias partes do Brasil e premiou o paulista Guilherme Fonseca com o título do principal torneio anual organizado pela Confederação Brasileira de Futebol Digital e Virtual (CBFDV).  Com apenas 15 anos de idade, o jovem player levou para casa R$ 10 mil em prêmios.
A disputa começou no sábado, com a fase de grupos do campeonato. E em uma competição tão equilibrada, não demorou para as zebras aparecerem. Favorito e dono de um título de um Campeonato Brasileiro, o pernambucano Alisson Black ficou pelo caminho ainda na etapa inicial do torneio.
Na fase seguinte, já no domingo, os 32 jogadores que sobreviveram à fase de grupos começaram a se enfrentar no temido “mata-mata”. E a estrela de Guilherme começou a brilhar. Mostrando a frieza de um jogador veterano, o jovem paulista enfileirou grandes adversários até chegar à decisão do campeonato.
Guilherme desbancou o favoritismo do goiano Valber Lacerda, vencedor da Copa PlayStation e representante brasileiro no Mundial de Pro Evolution Soccer, realizado na Inglaterra. Fonseca deixou para trás Felipe Forato (SP) e André Mendes (GO),  jogadores considerados favoritos ao caneco.
Na grande final, o paulista teve pela frente o candango Augusto Vincint. Sem se abalar com o peso da decisão, Guilherme aplicou duas goleadas e conquistou o segundo título para o estado de São Paulo. Leandro Dias foi o primeiro campeão da terra da garoa, em 2010. Na segunda colocação, Vincint garantiu um console PlayStation 4 e o goiano André Mendes faturou um PlayStation 3, fechando o pódio.
O Campeonato Brasileiro fecha o ano de competições da CBFDV e do game Pro Evolution Soccer no Brasil. Reflexo do equilíbrio entre os gamers da franquia no País, Guilherme Fonseca é o nono campeão inédito do torneio.

Confederação Brasileira de Futebol Digital e Virtual CBFDV

--> cosmetico profissional para salão , temos tudo para seu salão de beleza ligue 03187490598 e add no wapssap ou 03133762803 , BH E REGIOES ligue e marque iremos ate voce . entragamos em todo BRASIL
 Confederação Brasileira de Futebol Digital e Virtual

Saiba mais sobre a CBFDV

A Confederação pretende consolidar de vez o nosso país no cenário mundial como grande centro de futebol virtual. Com uma estrutura profissional e organizada, dentro do âmbito legal, pretende desmistificar a imagem de futebol virtual destinado para crianças. Um hobby, que há muito tempo, deixou de ser infantil e com a ajuda de todos, em um curto lapso de tempo, se tornará num desporto nacional bem divulgado, com federações em mais estados e com um grande número de adeptos.
Por que Futebol Digital?
Futebol Digital é Arte
Sim, o futebol digital é arte. É necessário bastante treino, dedicação do atleta virtual para conseguir se destacar em um meio cada vez mais competitivo, assim como no futebol real.
Nosso

HISTÓRICO

A Confederação Brasileira de Futebol Digital e Virtual é uma instituição civil registrada, legalmente constituída sem fins lucrativos que foi criada em outubro de 2005, visando unificar as federações e lojas que já estavam organizando campeonatos por todo Brasil a mais de dois anos com um grande número de adeptos. A cbfd tem sede e foro em Brasília, tendo como seu atual Presidente Edivaldo dos Santos Júnior e Vice-Presidente Cláudio Eduardo.
Realizou seu 1º Campeonato Brasileiro de Futebol Digital com a presença de 15 Estados onde deu um carro 0km e passagens pro mundial na França ao grande vencedor nos dias 27 e 28 de Maio de 2006, em Brasília. O Futebol Virtual vem se consolidando como uma grande força no Brasil, tendo hoje mais de 10.000 jogadores federados.
Encontra-se presente em quase todos os estados brasileiros, com algumas federações registradas e outras em formação, abrangendo praticamente todo o território nacional.
A primeira logomarca da CBFDV foi criada em 2005 pelo designer gráfico Maike André, e incorporava os principais elementos de identidade da Confederação. O videogame representado pelo controle, a área de atuação nacional representada pelo mapa do Brasil, e a bola representando o Futebol.
Em 2008, foi realizada uma pequena intervenção na marca, com a retirada do controle de videogame, por questões legais. Essa logomarca foi pouco utilizada sendo em seguida substituída por uma mais moderna e atual. O futebol digital é a prática de jogar futebol em qualquer equipamento eletrônico de forma virtual, onde o atleta controla todo seu time através do comando eletrônico sem ter contato físico com seu adversário.
O compromisso da CBFDV é defender e incentivar este Esporte que cresce em todo país nos últimos anos. Promovendo e reunindo as diversas Federações Estaduais por meio de atividades interestaduais, dando oportunidade de mais uma forma de entretenimento a ser desenvolvida dentro do Brasil.
Além disso, visa promover o futebol digital como uma forma de estímulo para a prática de atividades que desenvolvem a coordenação motora, a criatividade e o espírito de equipe. Como consequência disto, evitar que jovens e crianças possam procurar na marginalidade e drogas alternativas para seu “crescimento” ou “desenvolvimento” pessoal.

ganhar dinheiro jogando futebol virtual. E sem um videogame

--> cosmetico profissional para salão , temos tudo para seu salão de beleza ligue 03187490598 e add no wapssap ou 03133762803 , BH E REGIOES ligue e marque iremos ate voce . entragamos em todo BRASIL


Sabe aquele amigo que ganha de todo mundo no futebol do videogame? Ele pode fazer desse talento um meio de vida. Há muito tempo os games deixaram de ser coisa de criança. De consoles modernos a jogos ultrarrealistas, a brincadeira ficou séria e muita gente já vive disso.
Os e-sports já são uma realidade no mundo, com federação internacional, campanha para ser considerado um esporte mental (como o xadrez) e até planos para inclusão nas Olimpíadas. Durante os Jogos de Londres em 2012, até mesmo a Forbes abordou o assunto. No mês passado, pouco depois da Copa do Mundo, o ginásio do Maracanãzinho, no Rio, lotou para a final do Campeonato Brasileiro de League of Legends, um dos jogos de maior sucesso do planeta.
O futebol virtual também está entrando nesse mundo. Desde o ano passado, a franquia de maior sucesso do gênero tem uma versão online gratuita. O FIFA World foi criado pela produtora EA Sports justamente para adequar os jogos de futebol aos requisitos dos e-sports: os jogos precisam ser online, abrangentes e, principalmente, de atualização constante.
Em outras palavras: quem joga o FIFA World tem sempre a versão atualizada do game. Isso é importante porque, para um jogo pegar no universo dos e-sports, ele precisa ser popular, com o maior número de usuários possível. E obrigar que o jogador compre uma versão anualmente, como acontece nas versões para console (Playstation e Xbox, por exemplo), apenas pulveriza o público.
O jogo já começa a funcionar nesse cenário. A empresa Gamewise acaba de realizar a primeira eliminatória de um torneio de FIFA World com premiação de R$ 5 mil para o vencedor. Em jogo, duas vagas nas finais, que serão disputadas em dezembro. A eliminatória foi disputada por 714 jogadores. Outra campanhia, a ESL, organiza torneio abertos, em formato de pontos corridos, com dois meses e meio de duração. A versão atual tem mais de 400 participantes, com premiação de R$ 3,2 mil para o campeão.
São números expressivos para um jogo que ainda está em sua versão Beta, de testes. Neste mês, por exemplo, a empresa fez uma atualização. Entre as novidades estava um novo motor de jogo que aproxima a jogabilidade do FIFA World à versão de console FIFA 13 – a versão anterior era baseada no FIFA 12.
Além disso, um modo de gravação de jogadas em vídeo foi adicionada. O compartilhamento de vídeos e, principalmente, a possibilidade de contar com uma plateia virtual das partidas (em que você pode assistir a um jogo entre dois usuários online) é chave no cenário dos e-sports. League of Legends, por exemplo, pode ser assistido por quem não está jogando. O campeonato no Maranãzinho, por exemplo, tinha torcida, narrador e comentarista (para quem está curioso, o jogo une luta com defesa de território).
"O FIFA World, além de trabalhar com uma paixão nacional, o futebol, possui uma estrutura que possibilita a profissionalização do game. Um dos pontos chave é a realização de campeonatos de grande porte com transmissões ao vivo. O sucesso do jogo é garantido a curto e médio prazo, principalmente analisando o caminho que a EA Sports vem tomando", explica Philipp Felix Kerber Bomm, diretor executivo da Gamewise, que organiza torneios de e-sports pelo mundo.
Esse cenário já começa a funcionar no mundo dos profissionais do esport. Marcus Gonçalves, o Chikorita, é líder do torneio de pontos corridos da ESL e foi um dos classificados na eliminatória da Gamewise. Ele é profissional da equipe Cyber Gamer E-Sports, de Canoas, no Rio Grande do Sul, que tem outros profissionais exclusivos do jogo.
"Vejo muito potencial no game quando o assunto é e-sports. Claro que o pessoal da EA já fez um ótimo trabalho até aqui, mas acho que o FIFA World vai alcançar patamares ainda mais altos no futuro", elogia o gamer, que faz faculdade de contabilidade e, durante torneios, se dedica até oito horas por dia em preparação, entre partidas e análises em vídeo de suas performances.
Júlio Ucker e Gustavo Chaves defendem outra equipe, a Keyd, de São Paulo. Julio já foi office-boy, trabalhou em escritórios e em lan houses. Em março, foi contatado. "É um sonho para quem joga. Sempre me imaginei sendo um gamer profissional, remunerado. É uma realização ter conseguido isso", conta. Gustavo, após ser campeão brasileiro de Fifa 14 e jogar um mundial na China, trancou a faculdade de educação física para se dedicar ao game. "Sempre gostei de videogame, mas foi a partir do ano passado as coisas começaram a dar certo e vi que queria viver disso", explica.
O jogo: a união do álbum de figurinhas com o videogame
Outro atrativo na jogabilidade do Fifa World é o fato de os competidores não atuarem com times pré-estabelecidos, mas formarem seus plantéis a partir do zero. Assim, é preciso negociar contratos e valores e mostrar também o talento na função de manager, não só no gramado virtual.
A mecânica é parecida com a de um álbum de figurinhas: pacotes de figurinhas contêm jogadores e são só esses atletas que você pode escalar em seu time. Além disso, a cada partida, o usuário ganha dinheiro virtual, que pode ser usado para reforçar o elenco. É possível comprar esses pacotes ou os próprios jogadores, em leilões virtuais (com outros usuários humanos).
Você pode fazer o download do FIFA World no site oficial (http://www.easportsfifaworld.com/).

27 de janeiro de 2015

Saiba como revelar contatos de quem mantém o Facebook privado

--> cosmetico profissional para salão , temos tudo para seu salão de beleza ligue 03187490598 e add no wapssap ou 03133762803 , BH E REGIOES ligue e marque iremos ate voce . entragamos em todo BRASIL

Se você é daqueles que escondem o máximo de informações possível no Facebook, provavelmente não vai gostar disso, mas a lista de amigos, mesmo que configurada para não ser divulgada, pode ser vista por outras pessoas.
Quando você escolhe preservar a lista de contatos para ser vista só por você, seus próprios amigos podem te dedurar. Caso escolham deixar seus contatos visíveis, eles revelam que têm ligação com você.
Isso não mostra a lista inteira, mas também não permite que você se esconda completamente. Ou seja: sua privacidade depende das configurações alheias.
O Cyberlnt, grupo focado em segurança da informação, explicou ao Mashable como é possível explorar essa brecha usando dois perfis: basta descobrir um contato com lista aberta daquele sobre o qual se deseja obter informações, então use o link https://www.facebook.com/[perfil da pessoa que esconde os amigos]/friends?and=[perfil de quem tem a lista aberta] substituindo as partes indicadas.
Fazendo isso com Mark Zuckerberg, que mantém seus contatos escondidos, e Chris Cox, que chefia a área de produtos no Facebook e têm os contatos abertos, é possível saber quais amigos eles têm em comum, mesmo que Zuckerberg não queira. No caso deles, isso significa 248 pessoas.
Ocorreu um erro neste gadget