Pesquisa personalizada

Pesquisar google aqui

Carregando...

26 de fevereiro de 2015

WhatsApp sem limites! Chip de celular permite usar o app em 150 países!

--> cosmetico profissional para salão , temos tudo para seu salão de beleza ligue 03187490598 e add no wapssap ou 03133762803 , BH E REGIOES ligue e marque iremos ate voce . entragamos em todo BRASIL O dispositivo criado pela empresa Zeromobile promete funcionar em diversos países e por um preço incrível!
WhatSim, novo dispositivo criado pela empresa Zeromobile, promete fazer o WhatsApp funcionar em até 150 países!
O WhatsApp está dominando o mundo! Além de já passar da conta de 700 milhões de usuários e criar uma versão para computador, o app do Facebook agora quer dar um passo ainda maior. A empresa italiana Zeromobile lançou o WhatSim, que é um chipe de celular que permite usar o aplicativo em até 150 países! Loucura total!
O produto funciona em 400 operadoras, incluindo Brasil. Ao colocar o minicard no aparelho celular, a conexão é feita automaticamente para o usuário trocar mensagens de texto com serviço ilimitado. Além disso, o WhatSim também possui compartilhamento de contatos e localização gratuitos. Parece que o dispositivo vai desbancar os possíveis concorrentes do aplicativo!
Mas nem tudo são flores: para enviar outros tipos de mídia, como mensagens de voz, vídeos ou fotos (como mandar aquelas imagens engraçadas pros amigos para zoar o calor), é necessário comprar créditos extras, que vão estar disponíveis pelo site a partir de fevereiro. A empresa ainda planeja lançar um aplicativo de recarga, para expandir a rede de distribuidores locais em mais de 100 países. Esses caras estão com tudo!
O dispositivo custa €10, equivalente a R$30, e a cobrança é feita anualmente. Só que, dependendo do lugar que a pessoa se encontra, o preço pode chegar a cair pela metade! UAU! Isso acontece em países como Afeganistão, Uganda e Bolívia. O site promete entregar o card "onde quer que você esteja" e o custo adicional para o Brasil é de €5 (R$15). E aí, quem está ansioso para esse novo passo do WhatsApp?

Whatsapp Web chega ao navegador Mozilla Firefox e ao Oper, finalmente!

--> cosmetico profissional para salão , temos tudo para seu salão de beleza ligue 03187490598 e add no wapssap ou 03133762803 , BH E REGIOES ligue e marque iremos ate voce . entragamos em todo BRASIL  
Versão que pode ser usada pelo computador já está disponível para usar em ambos os navegadores. Dessa forma, não tem mais como deixar de responder toda a galera!
Finalmente o Whatsapp Web chega ao navegador Mozilla Firefox e ao Opera!
A partir desta quinta-feira (26), o Whatsapp também está disponível para que usa o navegador Mozilla Firefox. Essa é uma ótima nóticia depois da supresa de que o app corre risco de ser banido no Brasil.
Em janeiro de 2015, o Whatsapp ganhou uma versão para ser acessada diretamente pelo computador. Porém somente para quem usava o Google Chrome. Dessa vez, finalmente os usuários do Firefox e também do Opera já podem dar pulinhos de alegria e começar a se comunicar com seus amigos e enviar os memes mais divertidos no popular mensageiro. Agora sim já dá pra migrar de vez para o navegador da raposa!
A função da nova versão do aplicativo que pertence ao Facebook funciona do mesmo jeito que nos demais browsers. Para fazer isso, é super fácil. Basta abrir este link no seu computador e escanear o código QR através do botão "WhatsApp Web". Lembrando que o smartphone precisa estar conectado à internet. Só toma cuidado para não esgotar todo o seu pacote de dados. Apesar de ser compatível com aparelhos Android, Windows Phone e BlackBerry, a ferramenta ainda não funciona no sistema da Apple.

Aplicativo "Retrica" faz fotos e montagens com estilo vintage

--> cosmetico profissional para salão , temos tudo para seu salão de beleza ligue 03187490598 e add no wapssap ou 03133762803 , BH E REGIOES ligue e marque iremos ate voce . entragamos em todo BRASIL  
Aplicativo de edição de fotos "Retrica" é moda entre adolescentes, mas não está disponível para Android

Aplicativo de edição de fotos "Retrica" é moda entre adolescentes, mas não está disponível para Android Com o "Retrica" você tira a foto e aplica efeitos e bordas São várias opções de efeitos vintage no "Retrica" As fotos do "Retrica" ficam com a logo do aplicativo Também dá pra fazer montagens com fotos em sequência no "Retrica"
Cansado dos efeitos do Instagram? O app "Retrica" é a nova moda nas redes sociais. Tire a foto, aplique filtros retrô e publique suas selfies na web pra todo mundo ver!
O aplicativo "Retrica" está na moda nas redes sociais. A galera tira a selfie e logo posta com um efeito meio envelhecido, que deixa a foto muito mais bonita. Se você estava se perguntando que aplicativo é esse, o Purebreak responde. Vem ver!
O "Retrica" não é uma rede social, como o Instagram. Assim como o "MomentCam", que cria caricaturas, ele apenas aplica filtros nas imagens. Você pode tirar a foto usando o aplicativo ou buscar na galeria e, então, escolhe o efeito que quer aplicar. Recentemente foram incluídas várias opções de efeitos dos anos 80.
Além disso, também dá pra fazer montagens com o app! É só selecionar a opção de tirar fotos em sequência e fazer caras e bocas para criar a montagem depois!
A versão gratuita do app é um pouco limitada, tem propagandas e coloca a marca dágua em todas as fotos antes de você salvar. Já na versão Pro, que é paga, você pode usar tudo sem ver anúncios e sem ter a logo do "Retrica" na sua foto.
O "Retrica" só está disponível para iOS. Nada de Android, por enquanto. Se você não tem iPhone ou iPad, um truque: o app "Retrica Viewer" coloca a logo do "Retrica" pra você ficar bonito na foto de qualquer jeito!

WhatsApp do ar em todo o Brasil

--> cosmetico profissional para salão , temos tudo para seu salão de beleza ligue 03187490598 e add no wapssap ou 03133762803 , BH E REGIOES ligue e marque iremos ate voce . entragamos em todo BRASIL

O Núcleo de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Piauí informou que o juiz Luis Moura Correia, da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina, determinou que empresas de telefonia suspendam temporariamente em todo o Brasil o acesso ao aplicativo de troca de mensagens instantâneas WhatsApp.
Em nota para a imprensa divulgada nesta quarta-feira (25), o Núcleo de Inteligência diz que o mandado judicial foi expedido em 11 de fevereiro, após a empresa se negar a dar informações para uma investigação policial.
Nota Whattsapp (Foto: Divulgação)Nota do Núcleo de Inteligência da Secretaria de
Segurança (Foto: Divulgação)
A informação também foi repassada pelo delegado geral do Piauí, Riedel Batista. "Existe um inquérito na Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA) e a delegada precisou de informações contidas no WhatsApp para embasar o caso, e o aplicativo se negou a dar. O juiz determinou que as informações fossem prestadas e mesmo assim o aplicativo se negou", disse.
O G1 procurou o WhatsApp, mas a empresa ainda não se pronunciou sobre a decisão judicial.

A nota do Núcleo de Inteligência da Secretaria de Segurança diz que os processos judiciais que originaram as decisões tiveram início em 2013, mas até o momento os responsáveis pelo WhatsApp não acataram as ordens judiciais.
A nota afirma também que o mandado judicial foi encaminhado para as operadoras de telefonia móvel para que seja cumprido. O documento foi assinado pelos delegados Alessandro Barreto Gonçalves, Éverton Ferreira Almeida e Daniel Pires Ferreira.
"A Polícia Civil não sabe de muita coisa, pois ela só deu encaminhamento ao mandado do juiz para os órgãos competentes. Não sabemos quando o aplicativo deverá deixar de funcionar e nem por quanto tempo", disse o delegado geral, Riedel Batista.
Delegada Ana Kátia disse investigações ocorrem
desde 2013 (Foto: Fernando Brito/G1)
Notificação às telefonias
A delegada da Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA), Ana Kátia Esteves, disse à imprensa que todas as empresas de telefonias foram notificadas sobre a suspensão do serviço ainda no mês de fevereiro deste ano.
De acordo com ela, as empresas vêm descumprindo a ordem, e cabe ao Núcleo de Inteligência o acompanhamento para o cumprimento das decisões judiciais.
O G1 tentou contato com as empresas de telefonia, mas até o fechamento da matéria não obteve retorno.
"O procedimento de solicitação das informações junto ao WhatsApp vem desde 2013, quando o inquérito foi instaurado. A empresa não vem cumprindo as solicitações desde então, por isso, o juiz entrou com uma representação através da decisão judicial de suspensão do serviço no país."
Ainda segundo a delegada, se a decisão de tirar aplicativo do ar não for atendida, pode caracterizar-se crime de descumprimento de ordem judicial, mas "quem vai decidir é o juiz".
O juiz Luis Moura Correia, autor da decisão, afirmou que não poderia dar informações sobre o caso já que o despacho se refere a um processo que corre em segredo de Justiça.

 http://g1.globo.com/pi/piaui/noticia/2015/02/decisao-de-juiz-do-piaui-manda-tirar-whatsapp-do-ar-em-todo-o-brasil.html
Ocorreu um erro neste gadget